Top 5 Filmes: Animais

Ao contrário do que você deve estar imaginando, não, nenhum dos filmes a seguir é destinado para o público infantil. Neste top selecionei filmes com a temática bem diversificada, apesar da semelhança. Vamos lá que vou apresentá-los. Lembrando que para assistir ao trailer é só clicar sobre a imagem.

1º Cujo

Sinopse:

Filme baseado numa história de Stephen King. O cachorro é o animal de estimação de um garoto chamado Brett Camber, que vive num sítio nas proximidades de uma pequena cidade do interior no norte dos Estados Unidos, em Castle Rock, no Estado do Maine. O garoto mora com sua mãe, Charity, uma mulher infeliz no casamento com Joe, um mecânico de automóveis egoísta que só está preocupado com seus interesses pessoais, deixando a família para segundo plano.
Ao perseguir um coelho pelo mato, Cujo acaba entrando com a cabeça numa caverna infestada de morcegos doentes, onde um deles morde seu nariz e lhe transmite a terrível raiva. Aos poucos, o anteriormente dócil cachorro vai se transformando num monstro assassino, num aspecto extremamente ameaçador.

Minha opinião:

Sim, esse filme é muito mais velho do que eu. E na minha opinião o mais razoavelmente aceitável na categoria terror né? Diferente de todos os filmes com aranhas, com cobras e todos esses animais peçonhentos que você deve estar cansado de ver passando na TV. A única coisa que torna o filme “No Way!” é o fato do cachorro contrair raiva, raiva de verdade, transmitida por um morcego. Mas o restante da história é ótima, um filme antigo mas com excelente qualidade. Claro né? É do Stephen King. 🙂

2º Marley & Eu

Sinopse:

História de uma família e seu cão Marley, um labrador um tanto neurótico que ensina a seus donos boas maneiras e o que realmente importa na vida. Adaptação para o cinema do best-seller “Marley & Me”, escrito pelo jornalista e colunista do Philadelphia Inquirer John Grogan, que descreve sua experiência com o cão hiperativo que passou a fazer parte da família.

Minha opinião:

História nem um pouco surreal e extremamente apaixonante. Ahh, quem nunca assistiu esse filme não sabe a diversão e a emoção que está perdendo. Este filme foi baseado em um livro, que foi baseado em uma história real. A história tem que ser realmente muito boa mesmo pra ganhar uma versão em livro, fazer sucesso, virar filme e fazer mais sucesso ainda, não é não? Filme incrível e sem idade. Bom para ser assistido por toda a familia.

3º Winter, o Golfinho

Sinopse:

O golfinho fêmea Winter, que foi resgatado na costa da Flórida e levado para o Aquário Marítimo Clearwater, protagoniza a versão ficional da sua própria história. Nela, um menino fica amigo do golfinho que perdeu sua cauda em uma armadilha para caranguejos – e mobiliza todos à sua volta para salvar o animal, criando um implante mecânico para substituir a cauda.

Minha opinião:

A gente olha a capa e não dá credibilidade nenhuma pro filme né? Olhando o titulo então, já pensamos ‘xiii, outra versão de free willy’. Você não imagina o quanto estamos nos equivocando pensando dessa forma. Primeiro por que essa é uma história baseada em fatos reais. Esse golfinho sem cauda realmente existe, e hoje tem um site que transmiti imagens dela 24 horas por dia, pra não deixar dúvidas de como um animal pode ser tão reabilitado quanto um ser humano. Uma história engraçada e sensível. Nos mostra a vida de uma outra forma. Com certeza esse filme está entre os meus favoritos.

4º Beethoven, o Magnífico

Sinopse:

A famíla Newton vive em uma casa confortável, mas parece que falta algo. Este vazio é preenchido quando um mascote vai morar lá, sendo que na verdade este filhote é um imenso cão são bernardo, que traz alegrias e também muitos tumultos para os Newton. Paralelamente Herman Varnick (Dean Jones), o veterinário do local, tem uma secreta e horrível segunda atividade que requer diversos cachorros para experimentos, sendo que Beethoven está na lista de Varnick.

Minha opinião:

Ahhh, quando pensei nesse filme, fui no Youtube procurar o trailer, na hora que tocou aquela musiquinha que acompanhou a minha infância, não resisti. Como é que podemos falar sobre filmes de animais e não podemos mencionar o clássico Beethoven?! Não dá, IMPOSSÍVEL, eu pelo menos lembro automaticamente. Também, eu sabia as falas de cor. Desculpem, desculpem, vamos ao próximo.

5º Joe e as Baratas

Sinopse:

O Jovem Joe sai de sua cidade natal e vai tentar a vida em Nova York. Chegando lá, ele se depara com a dificuldade de encontrar uma moradia. Depois de descobrir que a senhora Grotovisk morreu rolando escada abaixo, ele se passa por filho dela e consegue a casa para morar. Seu apartamento está num bairro suburbano e violento. Ao decorrer da história ele descobre que nesse apartamento vive um exército de “milhares” de baratas que resolvem adotá-lo como amigo.

Minha opinião:

Baratas? Ecaaaaaa, que nojo! E que clipe foi esse linkado na imagem?? Me apaixonei por elas! – É isso o que vocês estão pensando né?! Haha, não tem como não ser. A história é engraçada, inusitada e continua te deixando morrendo de vontade de matar essas coisinhas horripilantes e nojentas. Sem mais, é uma comédia no mínimo inusitada, vale a pena dar uma chance.

Anúncios

Top 5 Filmes: Suspense

Entre as categorias de filmes, suspense misto com ação são os tipos de filmes que mais me atraem. Digo isso porque, apesar de gostar de filmes que eu quero um final e sei que o filme tem esse final, gosto mais da ideia de não saber como o filme vai acabar, ou não saber como é que vão fazer para conseguir tal façanha.

Pensando nesses finais e desfechos surpreendentes, selecionei alguns filmes clássicos e meus favoritos para deixar como dica para vocês.

Aqui vai.

Clique sobre as imagens para ser direcionado para o clipe do filme.

1º Efeito Borboleta

Sinopse:

Evan é um rapaz que teve certos problemas de memória quando garoto. Já crescido, ele descobre uma capacidade de poder viajar pelo tempo através desses buracos em suas lembranças. Ele utiliza desse poder para poder ficar com a garota dos seus sonhos, porém, isso o insere em um ciclo que, a cada vez que ele utiliza esse poder, algo de muito ruim acontece a alguém querido de sua vida. Evan tenta então, voltando sempre no tempo, salvar as pessoas, mas por mais que se esforce, alguém sempre vai sair perdendo.

Fonte: www.cineplayers.com/

Minha opinião:

Este, apesar de não ser o primeiro filme neste sentido que assiste, foi o que me chamou mais a atenção para essa categoria. Apesar da história inteira ser muito diferente ao que estamos acostumados nos filmes em geral, e ter uma forte temática abordando assuntos como pedofilia e psicologia, o final me chamou muito a atenção, pois é incomum e consegue não ser decepcionante. Não entendeu? Assista o filme que fica mais claro. 😉

2º Seven – Os Sete Crimes Capitais

Sinopse:

Dois policiais, um jovem e impetuoso (Brad Pitt) e o outro maduro e prestes a se aposentar (Morgan Freeman), são encarregados de uma perigosa investigação: encontrar um serial killer que mata as pessoas seguindo a ordem dos sete pecados capitais.

Fonte: www.adorocinema.com

Minha opinião:

Apesar deste ser o filme mais velho do meu top, como já disse acima, foi o Efeito Borboleta que concretizou o meu interesse nessa categoria. Esse filme é bem conhecido, e aborda a história de um serial killer que mata suas vitimas baseando-se nos pecados capitais. O atrativo dele é justamente o mistério da identidade do infeliz, e como ele provoca as mortes, sinceramente, acho que o  autor de Jogos Mortais se baseou nas mortes desse filme, pois são bem elaboradas e cheias de frieza.

3º 72 Horas

Sinopse:

John Brennan (Russell Crowe) é um professor universitário que leva uma vida perfeita, até sua esposa Lara (Elizabeth Banks) ser acusada de ter cometido um crime brutal. Ela jura que não é a autora do crime. Após três anos de recursos judiciais sem sucesso, John percebe que o único meio de ter sua esposa de volta será tirando-a da prisão. Ele tem apenas 72 horas para elaborar o plano e executá-lo.

Fonte: www.adorocinema.com

Minha opinião:

Na metade do filme comecei a ficar com aquela dúvida: “será que foi ela?”. E ali nos 45 minutos do segundo tempo, a minha reação foi aquele clichê de filmes de terror “não faça isso idiota, não faça isso!!!! eles vão te pegar!!!!”. Pois é, muitas emoções, rsrs. O ápice fica realmente na fuga da cadeia, e nos contratempos que surgem. E então, quando tudo parece bem, começa a ficar mais e mais complicado, e finalmente, um final que até mesmo o expectador se engana.

4º Contra o Tempo

Sinopse:

“Contra o Tempo” acompanha o capitão Colter Stevens (Gyllenhaal), que acorda no corpo de um outro homem e descobre que faz parte de uma missão para salvar Chicago de um trem desgovernado. Em uma tarefa que não se parece a nenhuma das que já realizou, percebe que é parte de um experimento do governo chamado “Source Code,” um programa que lhe permite passar pela identidade de outro homem nos últimos 8 minutos de sua vida. Ele tem poucos minutos para descobrir o que irá acontecer com o trem.

Fonte: www.cinepop.com.br

Minha opinião:

Contra o tempo recriou o conceito do “Efeito Borboleta”, indo e voltando no tempo, mas com “explicação” e circunstância diferentes. Este filme é daqueles que só vai fazer sentido quando está quase na metade, aiiiii que você vai começar a entender, isso junto com o personagem, porque até ele ficou meio perdido nesse filme. rs, mas calma, faz parte da trama. O que ainda me deixa um pouco confusa é o final, pois não é 100% esclarecedor, mas é um ótimo final, completamente imprevisível, principalmente quando você já está conformado.

5º Código de Conduta

Sinopse:

Clyde (Gerard Butler) é um dedicado pai de família que testemunha sua esposa e filha serem assassinadas. Um dos culpados ganha liberdade graças a um acordo feito com o ambicioso promotor Nick (Jamie Foxx). Anos depois o assassino é encontrado morto e Clyde é preso mesmo sem provas contra ele. Seu unico objetivo, é denunciar o corrupto sistema judicial nem que para isso tenha que matar um a um, todos os envolvidos. Mas, se Clyde já está na cadeia, como o promotor poderá impedi-lo se ele está sempre um passo a frente de todos?
Fonte: www.cinepop.com.br

Minha opinião:

Surpreendente. Essa palavra traduz esse filme. Ou como diria uma amiga minha em uma sessão “Cinema em Casa”, vermelho, preto, marrom e cinza seriam as descrições ideais para ele. Não deixa de ser verdade. De todos da lista, este é que envolve mais trama e planejamento em nível hard, quando você percebe, já está rolando um “buuuuuuuuuuuuuum” em alguém do filme de formas inimagináveis. Eu que estava em casa fiquei com medo de atender o celular se tocasse! (piadinha que só quem assistiu o filme vai entender).

É isso minha gente, esses filmes são bem particulares para o meu gosto, envolvem bastante raciocínio e exigem atenção para não correr o risco de perder alguma coisa e ficar boiando no final. Espero que gostem, assistam, e deixem um comentário indicando filmes para quem sabe, um futuro post.

Enjoy. 😀