FINALMENTE: Jailbreak para iOS 5.1.1

Eu sei, eu sei, talvez eu esteja um pouco atrasada, mas dependendo do ponto de vista, posso estar um pouco adiantada, vamos pensar bem vai!

Não entendeu nada? Deixa que eu explico!

Seguinte:

A algumas semanas atrás foi liberado o Jailbreak Untethered para todos os aparelhos que suportam a versão mais recente do Firmware, que até esse momento é o 5.1.1, ou seja, é um único Jailbreak para iPhone 3GS, 4, 4S, iPod Touch 3G, 4G e todos os iPads. Agora o motivo que pode ser bom de eu estar um pouco atrasada. Anteriormente, o Jailbreak que liberaram não servia para o novo iPad 2 (ainda não é vendido no Brasil), e durante esse tempo foram lançadas outras versões de Jailbreak para que também fosse compatível com todos os aparelhos. Então, enfim, essa semana, dia 30, foi disponibilizado o Absinthe na versão 2.0.4, que suporta todos os aparelhos mencionados acima, o que antes não acontecia.

Como eu já havia falado anteriormente sobre o Jailbreak nesse post, com a versão Untethered é possível desligar e ligar o aparelho sem a necessidade de usar o computador para fazer o boot, diferente da versão Tethered.

Bom, introduções à parte, vamos ao que interessa.

Primeiro passo: baixe o Absinthe 2.0.4 Untethered nesse link, disponível para Windows, Mac e Linux.

Segundo passo: Faça backup dos seus arquivos. Se você já possui Jailbreak no seu aparelho, os aplicativos adquiridos através do Installous serão perdidos, então aconselho anotar os que você quer baixar posteriormente, ou simplifique, como eu, e só tire print screen da tela. Se você possui o Jailbreak, o terceiro passo é pra você.

Terceiro passo: Eu possuia o Jailbreak na versão 5.0.1 no meu iPhone 4, e sei exatamente da dificuldade que é atualizar o aparelho nessas condições. Ele apresenta MUITOS erros, e depois de MUITAS pesquisas, descobri que é possível desinstalar o Cydia através dele mesmo. Não entendeu nada de novo? Vou explicar.

Abrindo o Cydia, indo em Manager e depois em Packages, lá você encontrará o pack para desinstalá-lo. Então, se você possui alguma coisa instalada pelo Cydia, além do Installous, que mexe nas configurações do aparelho, aconselho desinstalar primeiro e depois desinstalar o Cydia.

Pronto, um problema solucionado. Outro problema que você possivelmente vai encontrar, são os erros 1601 e 1602, que falam para fazer Downgread no seu iTunes, mas acredite, não vai funcionar, ao não ser que você seja muito bom em informática. Eu me considero mediana nisso, então economizei tempo e estresse e fiz o download do iTunes no computador do meu pai, pois pelo que eu entendi, o Jailbreak altera um dos registros do computador, e eu fiquei com um pouco de medo de fazer coisa errada, então evitei a fadiga, e consegui atualizar pelo computador mesmo.

Quarto passo: Atualize o iOS do seu iPhone para 5.1.1 e carregue o backup.

Quinto passo: Plug seu iDevice no computador e abra o Absinthe. Ele vai reconhecer o aparelho, e tudo o que você terá que fazer é clicar no único botão que existe no software e esperar ele fazer o processo. Para isso, recomendo que desative o bloqueio automático do celular, pois isso fará com que interrompa o processo.

No meu caso, o Absinthe demorava muito para carregar, e o programa acabava dando erro depois de uns 15 minutos rodando, caso isso ocorra com vocês, eu restaurei o aparelho de novo em um computador que não tinha sincronizado com o iTunes para que ele não puxasse o backup, e rodei o Absinthe novamente, ai então funcionou direitinho.

O processo é bem rápido, apesar dos contratempos que passei por estar aprendendo sozinha, o fato é que a instalação do Jailbreak demora aproximadamente 5 minutos. Terminando de carregar a barrinha e o iPhone terminando de reiniciar, você já pode verificar a presença do aplicativo do Cydia.

Aqui está um vídeo rapidinho para mostrar o processo do Jailbreak:

Nessa parte, você já pode considerar o Jailbreak já concluído, mas ainda tem alguns detalhezinhos importantes que eu descobri, vamos à eles:

Abra o Cydia e espere até ele carregar completamente. Vá em “Manage”, depois em “Sources”, clique em “Edit” e depois em “Add”, digite no campo que se abre o endereço “cydia.hackulo.us”, adicione, aceite os termos e espere carregar. Pra quem não sabe, isso serve para que possamos instalar o “Installous”, que é o componente que permitirá o download dos aplicativos através dele. E esse endereço é mais uma opção de caminho onde o Cydia usará para buscar  que quer que você for procurar, então quanto mais endereços você colocar ai (na verdade chamam-se repositórios), mais opções ele trará como resultado para você.

Caminho colocado. Eu tentei instalar direto o Installous 5, mas ele não estava carregando completamente, então tive que instalar o Installous 4, e depois buscar o 5, para que ele apenas atualizasse, e funcionou, então ai está uma dica para vocês.

Depois de feito todo esse processo, que na verdade é bem simples, o iPhone já está completamente pronto para uso. 🙂

Anúncios

Joguinho Viciante: Gold Miner

Mais um joguinho viciante, e esse é ótimo para passar o tempo.

O nome? Gold Miner.

Na verdade esse jogo tem em duas versões, a free e a ultimate, e nesse post vou falar sobre a ultimate que é bem parecida com a free, mudando apenas os gráficos e alguns recursos.

Esse game ainda não está completamente criado, apenas está disponível a versão “Classic” do menu.

No inicio de toda fase é dado um valor em dinheiro a ser alcançado, e ele cai aumentando em cada fase.

O objetivo é pegar as pepitas de ouro que estão espalhadas pela tela, quanto maior ela for, mais valiosa será. Claro que contamos com um cronômetro e alguns obstáculos.

As pedras menores valem $50, as médias $100 e as grandes $600.

Tem também os “saquinhos surpresa”, que podem conter dinheiro ou objetos ou algo para te ajudar, como super força, por exemplo. Pois conforme o objeto, o bonequinho tem maior dificuldade de puxá-lo, e acaba demorando mais. No caso da figura abaixo, o “saquinho” me deu uma dinamite, ela serve para quando eu tiver pego uma pedra, por exemplo, então eu posso me livrar dela explodindo, o que faz o tempo render mais.

Conseguiu alcançar o valor proposto? Ótimo, próxima fase.

Entre todas as fases, tem um tipo de ‘shopping’ que você pode comprar para usar na próxima fase. Cuidado com isso, pois para comprar é necessário utilizar o dinheiro que você arrecadou, e ele é acumulativo, o que significa que você precisará dele para atingir a meta da próxima fase.

E é claro que a meta aumenta de fase pra fase.

E novos tesouros vão surgindo com novos valores, assim como novos obstáculos.

Esse joguinho é bem bacana em sua simplicidade. É perfeito para aqueles momentos que você não está fazendo nada e não quer jogar Chuzzle, Gold Miner é uma ótima pedida.

Como eu já falei lá em cima, esse jogo é encontrado na versão free e ultimate, tanto para iPhone quanto para Android, e é possível baixar o ultimate pelo jailbreak.

Curtiu? Veja aqui mais Joguinhos Viciantes! 🙂

Jailbreak: iOS 5.1.1 Calma, não criemos pânico

Calma gente, não, não está tudo perdido, os hackers não vão ter que começar do zero para finalmente lançarem a versão Untethered do Jailbreak. A versão Tethered ainda é possível no iOS 5.1.1, mas valem todas as regrinhas que já falei nesse post aqui.

Pra quem caiu de paraquedas nesse post, vou localizá-lo.

No início desse mês, dia 07, saiu a atualização para o iOS 5.1.1 dos iPhones e afins, o que deixou muita gente cabisbaixa, pois queria atualizar o iOS, mas não queria perder o jailbreak, então a solução é esperar, não tem outro jeito. E, aparentemente, terão outro contratempo. Já identificaram em alguns logs de aplicativos a existência de acessos através de um IOS 6, provavelmente trata-se de um protótipo.
Para nós, meros usuários, só resta esperar que a briga dos grandes acabe para vermos o resultado e fazermos ou não, algo a respeito.

Dica de App: Toonpaint

A dica de app dessa semana vai pra galera que curte dar um efeito mais diferente nas fotos. Vocês já conhecem o Toonpaint?

Pra quem não conhece, esse aplicativo transforma as fotos em imagens para colorir, tipo desenho daquelas revistinhas de pintar que vende nas bancas de jornais, sabem?

O aplicativo permite que você escolha uma imagem para ser ‘pintada’ entre imagens da galeria, imagens já utilizadas em outras sessões, ou tirar uma com a câmera.

Assim que a foto é selecionada, o aplicativo já a transforma em preto e branco, e permite ainda alguns ajustes antes de fazer a pintura.

Depois de ajustar, é hora de pintar, e o bacana é que existem várias opções de cores. Na paleta ficam apenas as cores usadas recentemente, ou as que não foram alteradas. O desenho ganha margens pretas, e não se preocupe em borrar nelas, pois serão cortadas quando terminarmos.

Caso você queira uma outra cor, ou com um tom diferente, dá para configurar.

Ou escolher uma cor na sua foto real.

Quando a pintura estiver finalizada, é só seguir adiante no aplicativo e escolher o que fazer com ela.

Esse aplicativo custa $1,99 na App Store e para Android também, mas está disponível na loja do Jailbreak.

Enjoy 🙂