Top 5 Filmes: Desenhos Concorrentes da Pixar

Semana passada falei postei aqui no Blog o Top 5 Filmes: Disney Pixar, mas não é só a Disney que tem bons desenhos. Pensando nisso, resolvi fazer outro Top, mas só com bons desenhos que NÃO SÃO da Disney. Ficou curioso? Bora lá!

1º Meu Malvado Favorito

Sinopse:

Num tranquilo e feliz bairro de subúrbio, onde as casas têm cercas com arranjos de flores, há uma única casa sombria e cujo jardim está morto. Os vizinhos não têm conhecimento disso, mas ali se encontra o esconderijo secreto de um vilão assustador chamado Gru, que planeja o maior golpe do mundo: ele vai roubar a Lua. Gru acredita que pode vencer qualquer um que cruzar o seu caminho. Isso até o dia em que conhece as garotinhas órfãs Margo, Edith e Agnes. Elas são as únicas que conseguem ver naquele homem o que ninguém jamais viu: um pai em potencial.

Minha opinião:

Quem é que não pegou o vício temporário do “ELE É TÃO FOFINHO!!!!!!!!!!!”??!! Haha, pois é, eu peguei, e ainda além disso, o desejo incontrolável de ter um “Minion” só pra mim *–*. Não dá pra explicar o quão é apaixonante esse desenho. Simplesmente perfeito.

2º Como Treinar o Seu Dragão

Sinopse:

Soluço é um viking adolescente que não combina muito bem com a longa tradição de sua tribo de heroicos matadores de dragões. Seu mundo vira de cabeça para baixo quando ele encontra um dragão que desafia tanto ele quanto seus amigos a encararem o mundo a partir de outro ponto de vista.

Minha opinião:

Imagina um dragão com personalidade hora parecida com cachorro, hora parecida com gato… E extremamente charmoso! Esse é o banguela. Além de ser muito divertido e diferente, esse desenho trás uma lição extremamente bonita e emocionante. Sim, isso é uma confissão, eu chorei assistindo. :/

Além do Minion, põe a conta um Banguela também, obrigado!

 

3º Os Simpsons – O Filme

Sinopse:

Homer Simpson (Dan Castellaneta) tem um novo bicho de estimação: um porco. Devido a um silo perfurado e cheio de fezes, um desastre de grandes proporções acontece em Springfield. Isto faz com que uma multidão sedenta por vingança se reúna diante da casa dos Simpsons, querendo Homer e sua família de qualquer jeito. Eles conseguem escapar, mas a partir de então os Simpsons passam a discutir e se dividir sobre o ocorrido. Paralelamente o ocorrido chama a atenção do presidente dos Estados Unidos, Arnold Schwazenegger (Harry Shearer), e do chefe da Agência de Proteção Ambiental, Russ Cargill (Albert Brooks), que planeja realizar um plano diabólico para conter o desastre ocorrido.

Minha opinião:

Se você gosta das temporadas dos Simpsons, não há porque não apostar no filme. A história é digna da série e não desmerece e nem foge das temporadas de nenhuma forma. Continua engraçado e extremamente critico como de costume. Se você é fã dos Simpsons, precisa assistir esse filme!

4º A Casa Monstro

Sinopse:

DJ Walters (Mitchel Musso) é um garoto de 12 anos que acredita que há algo de estranho na casa do velho Nebbercracker (Steve Buscemi), localizada do outro lado da rua. Tudo que passa perto da casa simplesmente desaparece, incluindo triciclos, brinquedos e animais de estimação. Na véspera do Dia das Bruxas, DJ e seu amigo Chowder (Sam Lester) deixam que a bola de basquete com a qual estão jogando caia no terreno de Nebbercracker, sumindo misteriosamente. Logo em seguida a casa tenta devorar Jenny (Spencer Locke), uma amiga de ambos, que é salva do ataque. Eles tentam avisar a todos do perigo que é a casa, mas ninguém acredita neles. O trio recorre a Skull (Jon Heder), um preparador de pizza preguiçoso que ganhou fama por no passado ter jogado videogame por 4 dias seguidos. Skull acredita que a casa tenha adquirido alma humana e que o único meio de eliminar o perigo que ela representa seja acertando-a direto em seu coração. É quando os amigos elaboram um plano que permita que entrem na própria casa.

Minha opinião:

Imagina uma história de terror em um desenho. Pois é, essa é a história do filme: uma casa que tem vida e uma história meia sinistra:

SAIA DO MEU GRAMADO!!!

5º Madagascar

Sinopse:

O leão Alex (Ben Stiller) é a grande atração do zoológico do Central Park, em Nova York. Ele e seus melhores amigos, a zebra Marty (Chris Rock), a girafa Melman (David Schwimmer) e a hipopótomo Gloria (Jada Pinkett Smith), sempre passaram a vida em cativeiro e desconhecem o que é morar na selva. Curioso em saber o que há por trás dos muros do zoológico, Marty decide fugir para explorar o mundo. Ao perceberem a fuga do amigo, Alex, Gloria e Melman decidem partir à sua procura. O trio encontra Marty na estação Grand Central do metrô, mas antes que consigam voltar para casa são atingidos por dardos tranquilizantes e capturados. Eles são embarcados em um navio rumo à África, onde serão colocados em liberdade por um grupo de humanos que quer tirar os animais da vida estressante em cativeiro. Após um grupo de pinguins, que também está no navio, sabotá-lo, o grupo vai parar na ilha de Madagascar, onde precisa encontrar meios de sobrevivência em uma selva verdadeira.

Minha opinião:

A Ero do Gelo e Shrek que me desculpem, mas eu sou MUITO mais Madagascar! Os personagens são muito diferentes, marcantes e  em histórias muito inusitadas. Além de serem hilários, né? Ou vai dizer que não é contagiante o “Eu me remexo muito, eu me remexo muito, eu me remexo muito, mexendo… MUITO!”. LOL risos eternos.

Anúncios

Top 5 Filmes: Disney Pixar

Desenhos, quem não ama? Que a Disney é a produtora de maior sucesso de desenhos clássicos, todo mundo sabe, mas e as animações? Mesmo não sendo sobre príncipes e princesas são grandes sucesso e merece a minha indicação.

 

1º Procurando Nemo

Sinopse:

Nemo é um pequeno peixe-palhaço, que repentinamente é sequestrado do coral onde vive por um mergulhador e passa a viver em um aquário. Decidido a encontrá-lo, seu tímido pai sai em sua busca, tendo como parceria a ingênua Dory.

Minha opinião:

Eu aprendi a falar baleiês com a Dory! Esse é um desenho que eu não canso de ver, não tem parte chata, traz uma lição linda e divertida ao mesmo tempo. Sem palavras, Dory, eu te amo!

2º Monstros S.A.

Sinopse:

Monstros S.A. é a maior fábrica de sustos existente. Localizada em uma dimensão paralela, a fábrica constrói portais que levam os monstros para os quartos das crianças, onde eles poderão lhes dar sustos e gerar a fonte de energia necessária para a sobrevivência da fábrica. Entre todos os monstros que lá trabalham o mais assustador de todos é James P. Sullivan (John Goodman), um grande e intimidador monstro de pêlo azul e chifres, que é chamado de Sully por seus amigos. Seu assistente é Mike Wzowski (Billy Crystal), um pequeno ser de um olho só com quem tem por missão assustar as crianças, que são consideradas tóxicas pelos monstros e cujo contato com eles seria catastrófico para seu mundo. Porém, ao visitar o mundo dos humanos a trabalho, Mike e Sully conhecem a garota Boo (Mary Gibbs), que acaba sem querer indo parar no mundo dos monstros e provoca a expulsão de ambos para o mundo real.

Minha opinião:

Quem não ama o Zoiudinho da mamãe? hahaha, esse desenho  propõe justamente a deficiência que hoje mais falta no mundo: alternativas. E também a falta de conhecimento. Esse também pode ser considerado um clássico. 😀

3º Up – Altas Aventuras

Sinopse:

Dos revolucionários Estúdios de Animação Pixar e do aclamado diretor de Monstros SA, chega uma hilária aventura onde o céu não é mais o limite.
Carl Fredricksen, um vendedor de balões aposentado, é parte rabugento, parte sonhador e está preparado para sua última chance de diversão nas alturas. Amarrando milhares de balões à sua casa, Carl parte em direção ao mundo perdido dos seus sonhos de infância. Sem seu conhecimento, Russell, um ansioso explorador da natureza de oito anos, que nunca se aventurou além do seu quinta, está no lugar errado e na hora errada: na varanda da casa de Carl! A dupla mais improvável do mundo alcança outros horizontes e conhece amigos fantásticos como Dug, um cachorro com uma coleira especial que lhe permite falar, e Kevin, um raro pássaro de 3.5 metros que não voa. Preso na floresta, Carl percebe que de vez em quando as maiores aventuras da vida não são aquelas que você sai procurando.

Minha opinião:

Dessa lista, acredito que esse seja o filme menos conhecido da Disney. A história é um pouco triste pelo senhorzinho ser viúvo e demonstrar a todo momento do filme o quanto a esposa faz falta, mas ensina a não se “fechar” no mundinho. Apesar disso, traz personagens bem inusitados, e EU QUERO UMA NARCEJA!!!

4º O Galinho Chicken Little

Sinopse:

Chicken Little (Zach Braff) é um galo cheio de imaginação, que vive aprontando as maiores confusões. Um dia ele provoca pânico generalizado na cidade onde vive, ao confundir a queda de uma avelã com um pedaço do céu que esteja caindo. Após a verdade vir à tona, Chicken Little perde todo o crédito junto aos habitantes, que não acreditam mais no que ele diz. Porém, quando um pedaço do céu realmente cai em sua cabeça, ele precisa encontrar um jeito de salvar a cidade sem fazer com que todos entrem em pânico mais uma vez.

Minha opinião:

Não importa quantas vezes eu assistir esse filme, não importa o dia, o humor, eu sempre vou rir das mesmas partes. Este é o único filme desse top que não traz aquele tom “dramático”, a história sim, tem a sua lição de moral, mas é o único dessa lista que não me faz chorar, e me deixa feliz. É uma aventura surreal, onde tem peixes fora d’água e invasão alienígena, mas que cativa com o charme dos personagens e o humor leve que serve para todas as idades.

5º Toy Story 3

Sinopse:

Nesta terceira animação da série, Andy vai para a faculdade e seus antigos brinquedos são doados a uma creche. Apenas Woody ficará com seu dono. Woody, no entanto, não abandona seus amigos e precisará, juntamente com Buzz e cia., se adaptar ao novo lugar e aos novos “donos” enquanto tentam se manter juntos.

Minha opinião:

Eu nunca fui fã de Toy Story até assistir o 3. Assisti no cinema e acredite, chorei horrores com a despedida. Simplesmente perfeito. Foca em amizade, perdão, ajuda ao próximo… conceitos extremamente necessários, principalmente nos dias de hoje. Apesar da quantidade de lágrimas que derramei assistindo, achei o final perfeito. :’)

Tá ai uma fica pra quem quer assistir um filminho bem leve e divertido com toda a família. Até a próxima!

Joguinho Viciante da Semana: Draw Something

Acho que esse é o maior game vício depois de Angry Birds, já conhece?

Draw Something é um game para ser jogado com contatos do seu próprio círculo de amigos, pois ele é sincronizado com o Facebook, fornecendo uma lista de pessoas que tem esse aplicativo instalado.

Qual é a do game? A idéia é bem fácil, é tipo um jogo da forca, mas com um desenho de dica. O seu parceiro escolhe uma das três palavras que o próprio aplicativo fornece, uma fácil, outra média, e outra difícil.

Ele precisa desenhar algo que faça você chegar à aquela palavra (as palavras são em inglês), às vezes é até o nome de um cantor, ator… e você precisa adivinhar.

Adivinhou? Ótimo, de 1 à 3 moedas para você e seu amigo.

Não adivinhou? Ninguém ganha nada, a rodada começa novamente. Errando ou acertando, agora é a sua vez de desenhar para seu parceiro acertar.

O game começa com apenas algumas cores, e as moedas ganhadas ao longo das jogadas, servem para comprar novas cores ou então “bombas”, que ao explodirem, diminuem a quantidade de letras erradas no painel.

Esse jogo é bem bacana e viciante. E o melhor, é que além de ser disponível para iPhone e Android, é totalmente free.

Dica de App: Toonpaint

A dica de app dessa semana vai pra galera que curte dar um efeito mais diferente nas fotos. Vocês já conhecem o Toonpaint?

Pra quem não conhece, esse aplicativo transforma as fotos em imagens para colorir, tipo desenho daquelas revistinhas de pintar que vende nas bancas de jornais, sabem?

O aplicativo permite que você escolha uma imagem para ser ‘pintada’ entre imagens da galeria, imagens já utilizadas em outras sessões, ou tirar uma com a câmera.

Assim que a foto é selecionada, o aplicativo já a transforma em preto e branco, e permite ainda alguns ajustes antes de fazer a pintura.

Depois de ajustar, é hora de pintar, e o bacana é que existem várias opções de cores. Na paleta ficam apenas as cores usadas recentemente, ou as que não foram alteradas. O desenho ganha margens pretas, e não se preocupe em borrar nelas, pois serão cortadas quando terminarmos.

Caso você queira uma outra cor, ou com um tom diferente, dá para configurar.

Ou escolher uma cor na sua foto real.

Quando a pintura estiver finalizada, é só seguir adiante no aplicativo e escolher o que fazer com ela.

Esse aplicativo custa $1,99 na App Store e para Android também, mas está disponível na loja do Jailbreak.

Enjoy 🙂