Top 5 Filmes: Decepção

O Top de hoje?

Sim, filmes DECEPÇÃO. Isso mesmo, filmes que você nunca – repetindo – NUNCA deve perder seu tempo assistindo. E quais são eles?

Vamos lá!

1º Fim dos Tempos

Sinopse:

Em questão de minutos estranhas mortes ocorrem em várias das principais cidades dos Estados Unidos. Elas coincidem em dois pontos: desafiam a razão e chocam pelo inusitado com que ocorrem. Sem saber o que está ocorrendo, o professor Elliot Moore (Mark Wahlberg) apenas quer encontrar um meio de escapar do misterioso fenômeno. Apesar dele e sua esposa Alma (Zooey Deschanel) estarem em plena crise conjugal, os dois decidem partir para as fazendas da Pensilvania juntamente com Julian (John Leguizamo), um professor amigo de Elliot, e Jess (Ashlyn Sanchez), a filha dele de 8 anos. Lá eles acreditam que estarão a salvo, o que logo se mostra um equívoco.

Minha opinião:

Cara, o filme realmente me prendeu. Tava passando em um domingo a noite, no outro dia eu precisava acordar cedo, mas eu simplesmente não consegui sair de perto da TV até chegar ao fim. Eu PRECISAVA saber o desfecho daquela história onde todo mundo morria sem causa aparente. Mas me decepcionei (e muito), que WTF de explicação foi aquela?? Eu preferiria mil vezes ter um final sem explicação nenhuma, no maior estilo Blindness – Ensaio Sobre a Cegueira (quem não assistiu, assista! vale a pena!), do que ter esse lixo de explicação que acabou estragando completamente a história (no meu ponto de vista).

2º Dizem Por Ai…

Sinopse:

Após um longo tempo, enfim Sarah Huttinger (Jennifer Aniston) aceitou se casar com Jeff (Mark Ruffalo), seu namorado. Mas na verdade ela ainda está em dúvida sobre se realmente quer se casar. Sua vida profissional também está confusa, já que Sarah é uma aspirante a jornalista e não consegue deixar a área de obituários do New York Times. Para piorar ainda mais a situação ela precisa ir ao casamento de sua irmã, o que significa ter que passar bastante tempo com sua família, o que sempre a deixou deslocada. Porém sua vida muda quando conhece o milionário Beau Burroughs (Kevin Costner), que a ajuda a conhecer quem realmente é e a conhecer melhor sua família.

Minha opinião:

Eu sou e sempre fui muito fã da Jennifer Aniston, e fui com o maior entusiasmo assistir esse filme achando que seria super legal (no mínimo), mas não. Particularmente achei uma história ridícula e que não acrescentou em nada. Tem alguns “momentos risadas”, mas nada que eu acho que mereça ser revisto. Achei tudo extremamente fraco nele. História, desfecho… E acho que o tão criticado “Quero Matar Meu Chefe” é 10 mil vezes melhor do que esse. prontofalei.

3º O Sacrifício

Sinopse:

Após presenciar um trágico acidente diante do qual nada pôde fazer, o policial Edward Malus (Nicolas Cage) fica abalado psicologicamente. Recebe então uma carta de sua ex-noiva, que o abandonara anos atrás sem explicações. Ela pede ajuda: sua filhinha, Rowan (Erika-Shaye Gair), desapareceu em Summerisle, uma ilha isolada na costa do estado americano do Maine. Lá ele se vê cercado por uma série de estranhos eventos, que vão se tornando cada vez mais grotescos à medida que avançam os preparativos para a festa anual da colheita promovida pela comunidade. Até que Edward é surpreendido por um encontro com o Homem de Palha.

Minha opinião:

O filme me prendeu (apesar de sempre odiar a atuação do Nicolas Cage), me prendeu sim, mas o final botou a história inteira a perder. Sinceramente, isso não é final que se dê à um filme, peloamor!

4º Tá Rindo do Quê?

Sinopse:

George (Adam Sandler) é um cômico stand up de tremendo sucesso, que um dia descobre ter uma doença incurável e menos de um ano de vida. Ira (Seth Rogen) também é cômico, possui um grande talento, mas trabalha num restaurante e ainda sonha em se tornar um artista de respeito nas poucas vezes que sobe ao palco. Certa noite, no entanto, os dois homens acabam se apresentando no mesmo local. George, imediatamente, percebe o rapaz e decide contratá-lo para ser seu assistente pessoal. Nasce, então, uma grande amizade entre eles.

Minha opinião:

Eu ouço o nome do Adam Sandler e já começo a dar risada imaginando o sucesso do filme. Eu escrevo o nome dele e já me dá vontade de rir também. É! Mas não, esse filme não é engraçado. Sim, fique triste. Eu entendi que esse filme se trata de um drama, sim entendi. Mas por quê raios o personagem tem que ser justamente um cara do Stand Up Comed sem graça nenhuma?? Não foi que eu não gostei pelo fato de não ser comédia, mas por ser ruim mesmo. O único filme do Adam Sandler que vi até hoje que é ruim.

5º Tudo Pela Fama

Sinopse:

Após ser reeleito, Joseph Staton (Dennis Quaid), o presidente dos Estados Unidos, parece estar tendo um colapso nervoso após ler um jornal pela 1ª vez em 4 anos. Seu assessor especial determina que o presidente tire o pijama e faça novamente aparições públicas, pois estão surgindo vários comentários sobre sua ausência. Desta forma o presidente aparece repentinamente conversando com várias pessoas, mas seu assessor acha que não é o suficiente. Assim se reúne com Martin Tweed (Hugh Grant), o mais famoso apresentador da televisão, que comanda o Tudo Pela Fama, um reality show que tem enorme aceitação e transforma o vencedor num astro. Fica acertado que Staton participará da final, julgando os dois finalistas. Acontece que um dos finalistas é Omer (Sam Golzari), um árabe que adora musicais americanos mas está sendo forçado por extremistas a cometer suicídio explodindo uma bomba, que está em seu corpo. Ele deve fazer isto quando estiver cumprimentando o presidente Staton, mas isto o está deixando muito angustiado, pois não quer matar nem morrer.

Minha opinião:

Apesar das criticas que o filme faz, a história é completamente monótona e sem sal.  Apesar dos grandes nomes no elenco, infelizmente esse filme não me acrescentou em nada.

Bom, se mesmo depois das coisas que eu disse sobre cada um desses filmes você ainda quiser assistir, sinta-se avisado!

Até a próxima! 😀

Anúncios

Top 5 Filmes: Doce Infância (Momento Nostalgia)

Sabe aqueles filmes que assistimos a nossa infância inteira, e reassistindo depois de anos nos trás aquela sensação de nostalgia completa? Pois é, esse é o tema do top de hoje, esses filmes com certeza, quando eu tiver os meus filhos, eles também crescerão assistindo, pois esses filmes dão de 10 à 0 nos de hoje!

Todos os filmes desse top foram lançados de 1990 à 1999.

Pelos filmes serem MUITO antigos, hoje nenhum deles terá direcionamento para o trailer.

1º Operação Cupido

Sinopse:

Quase quarenta anos depois, a Disney refilma seu sucesso de 1961. Truque infalível na telona, é uma história sobre crianças que fazem das tripas coração para reconciliar os pais divorciados. Lindsay Lohan desdobra-se na pele das protagonistas, as pequenas Annie e Hallie, no passado vividas pela estrelinha Hayley Mills. Irmãs gêmeas, elas crescem sem saber da existência uma da outra, até se encontrar por acaso, aos 11 anos, num acampamento. Não demora muito e a dupla já está bolando artimanhas para reaproximar papai (Dennis Quaid) e mamãe (Natasha Richardson). Só que ele vive nos Estados Unidos e ela, em Londres.

Minha opinião:

O filme mais velho do top, foi lançado em 1999, e esse filme foi uma das razões de eu odiar o universo por não ter me dado uma irmã gêmea. Claro que o ódio começou com o filme “Fuga para a Montanha Enfeitiçada” (por quase ninguém conhecer, não entrou no top, mas recomendo eternamente).

2º Os Batutinhas

Sinopse:

Quando os meninos descobrem que um de seus mais respeitados membros de seu clube anti-garotas, Alfafa, está se encontrando com Darla, ele é sentenciado a esquecê-la. Porém, quando um novo garoto surge na vizinhança e ameaça conquistá-la, ele fará de tudo para reavê-la.

Refilmagem da série dos anos 20 e 30.

Minha opinião:

“Eu tenho um picles, eu tenho um picles, eu tenho um picles, hey, hey, hey, hey!”

Terceira regravação do filme, esse foi lançado em 1994, e é o marco da ‘guerrinha’ de meninos e meninas de inocência que hoje em dia não se vê mais. O filme é super fofo e fala justamente da fase em que nos deparamos com o nosso primeiro amor, ou daquele amigo que a uns dias atrás também odiava o sexo oposto.

3º Esqueceram de Mim

Sinopse:

Em Chicago, uma família inteira planeja passar o Natal em Paris. Porém, em meio às confusões de viagem um dos filhos (Macaulay Culkin), com apenas 8 anos, é esquecido em casa. Assim, o garoto se vê obrigado a se virar sozinho e a defender a casa de dois ladrões.

Minha opinião:

Quem não riu muito e morreu de medo de ser esquecido pela família por causa desse filme definitivamente não é normal, sério. E o sucesso do filme foi tamanho que depois desse rolaram várias sequencias né? O primeiro filme foi lançado em 1990, e foi até o 4º, lançado em 2002, só contando com a presença de Macaulay Culkin até o segundo filme, pelo jeito até ele cansou.

4º Abracadabra

Sinopse:

Winnie (Bette Midler), Sarah (Sarah Jessica Parker) e Mary (Kathy Najimy) são três bruxas do século XVII, que chegam ao século XX após seus espíritos serem evocados no Dia das Bruxas. Banidas há 300 anos devido à prática de feitiçaria, elas estão dispostas a tudo para garantir sua juventude e imortalidade. Porém precisarão enfrentar três crianças e um gato falante, que podem atrapalhar seus planos.

Minha opinião:

“Vai mudar de forma e aspecto….feitiço maligno, maléfico e místico

Ahh, pena que poucos conhecem esse filme :(. Juro, semana passada peguei ele passando na Disney, já estava no meio pro final, e o pouco que assisti com minha avó, ela adorou, sério. É uma história super engraçada e extremamente leve, apesar de se tratar de bruxas. Elas são super engraçadas e atrapalhadas por estarem completamente deslocadas no século XX, e também não tem nada mais legal NO MUNDO do que um gato falante! Esse filme foi lançado em 1993.

5º Riquinho

Sinopse:

Riquinho Rico (Macaulay Culkin) é o menino mais rico do mundo, mas apesar de amar e ser amado por seus pais, Ricardo Rico (Edward Herrmann) e Regina Rico (Christine Ebersole), ele não é totalmente feliz, pois quer jogar baseball com algumas crianças.
Quando seus pais desaparecem após o avião deles cair no Triângulo das Bermudas, Riquinho suspeita que Lawrence Van Dogh (John Larroquette), um executivo das Indústrias Rico, seja o responsável por este “acidente”, pois planeja assumir o controle de todas as empresas Rico.
Mas com a ajuda de Herbert A.R. Cadbury (Jonathan Hyde), seu fiel mordomo, o Professor Keenbean (Michael McShane), um excêntrico cientista, e alguns amigos da sua idade, Riquinho faz um plano para combater o maléfico esquema de Van Dogh e salvar seus pais.

Minha opinião:

Ahhhhhhhh, um Mc Donalds em casa *—*, quem nunca quis? Apesar do filme estimular a ideia de vida perfeita por causa do dinheiro ele valoriza e mostra a importância da amizade em nossas vidas. É um clássico  da infância, eu sempre adorei. 😀 (Lançado em 1994)