Quebrando Tabus

Hoje, olhando para trás, vendo o que já abri mão, entendo que tudo o que vivemos é uma vida completamente imposta pela sociedade, e que corajoso é aquele que quebra estigmas e enfrenta tabus que são entranhados dentro de nós, e que chega até a nos confundir se realmente pensamos assim, ou se só pensamos assim porque alguém, algum dia, provavelmente quando ainda éramos uma criança de colo, deveria ser seguido. O dia em que entendi isso, pude olhar para a minha vida e ver o que realmente me fazia bem. Me livrei da preocupação com o olhar da sociedade e seus ‘achismos’ e fiz o que tinha de fazer. Me senti mais leve.
Não carrego mais o peso do:  “o que eles vão pensar de mim?”. Descobri que o que acham de mim, sinceramente, não faz diferença. O que importa é que eu me sinta bem, com todos os defeitos que tenho. Os assumo, nem sempre me orgulho em tê-los, mas também não me envergonho, sou humana afinal.
Olhar no espelho e saber que aquela sou eu, aquilo que vejo refletido não é apenas a minha aparência, é também a minha alma. A alma de alguém que viveu o suficiente para talvez não saber com exatidão o que quer, mas de alguém que tem certeza do que não quer ser, e isso me trás uma paz que eu nunca havia sentido antes. E acredite, essa é a melhor sensação do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s